quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

IMPERFEITO


Hoje estou aqui perdido,
Perdido nos meus medos,
Preciso de um instante,
Já já volto como antes!

Ainda sou o mesmo,
Aquele que você tanto adora,
Seu amor ainda esta no meu peito,
Eu não penso em ir embora.

Perdoa meu coração,
Sou ainda homem sem destino,
Que ama a sua paixão.

Não quero cometer erros sem sentidos,
Não quero entender a vida e seus motivos,
Perdoe esse coração que se engana e que não consegue ser perfeito.



quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

AMOR MISTERIOSO


Basta estar na rua,
Andar na noite e ver a lua,
Caminhar na direção do acaso,
Para dar de cara com um caso.

Que vai te fazer perder a razão,
Vai mexer com seu coração,
Mas será amor?
Ou armadilha para depois sentir dor?

Nunca pense que já sabe todas as regras do amor,
Pois é tudo tão misterioso, é fácil se enganar,
Mas quem disse que é fácil de se escapar?

Na hora não tem saída é apenas a solução,
Nem me pergunto se corro perigo,
Caio nessa miragem se vou sair nem ligo.