quarta-feira, 14 de abril de 2010

ALGO DIFERENTE


Quando eu olhei nos seus olhos pela primeira vez,
Senti no peito algo estranho diferente,
Sentimento sem explicação algo que ninguém fez,
Deixando-me contrariado e indiferente.

Foi paixão à primeira vista,
Ter você é mais do que uma conquista,
É desejo incontrolável,
É vontade, é loucura insaciável.

Quero beijar sua boca,
Tocar seu corpo inteiro,
Mostrar-te minha paixão tão louca

Eu adoro você e não nego,
Quando eu te vejo,
Não fujo apenas me entrego.