terça-feira, 25 de janeiro de 2011

VAMPIRA


Sabia que você não gostava de mim
que viver desse jeito seria ruim,
você sempre gostou de outra pessoa,
mas me iludir pensando viver com você numa boa.

E hoje vejo que eu fui o culpado,
me entregando e virando seu apaixonado,
fui eu na verdade o seu amante,
perto dele nem fui semelhante.

Você me diz que é mentira,
mas no fundo parece vampira,
querendo ter demais o que não pode ter.

Estou dando o fora,
por favor feche a porta,
prefiro partir do que ficar e sofrer.