segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Amor preso

Em nome do amor deixa eu te amar,
te fazer feliz, te fazer sonhar,
tanto te quero,
tanto te desejo.

Não sei viver sem ter você,
não sei amar sem ter seu prazer,
seus olhos é minha lua,
seu corpo o meu sol.

Minha paixão é tua,
estou fisgado no teu azol,
preso no meu próprio amor por você.