segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Nosso teatro

Na verdade você tem medo de me perder,
por isso não tem coragem de me esquecer,
você não me ama, só tenta me enganar,
e por isso você não tem coragem de me largar.

Sou seu paraíso,
mas não sou o motivo do seu sorriso,
sou seu abrigo,
mas não passo de um simples amigo.

Você não tem coragem de terminar,
pois sabe que o outro não vai te amar,
continua fazendo da nossa historia
um caso de uma falsa alegria.

Eu finjo acreditar nas suas promessas,
que parecem verdades,
mas tudo não passa de teatro
onde o melhor ator sou eu.