sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Amei e sonhei

Amei, e como amei...
sonhei, ah sempre sonhei...
minha vida sempre foi assim,
a solidão comigo fazendo tim tim.

Estou nas nuvens que choram,
nas águas que evaporam,
sou a folha seca que rola com o vento,
sou o passarinho que busca o alimento.

Sou um ferido de guerra,
um vale denso, um monte alto, uma serra,
estou na brisa do amanhecer,
nessa poesia que você acaba de ler.