terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Seu medo de amar

Queria saber o motivo da sua dúvida em seu olhar,
que esconde um desejo de viver, de sonhar,
não tenha medo, você sabe o quanto eu te amo!
que por você eu me derramo.

De onde vem essa dúvida que te alucina?
que te faz sempre se esconder nas neblinas?
você tem medo é de se apaixonar,
e de um outro amor te enganar.

Esqueça seus medos,
deixe eu curar suas feridas,
trocar o livro pra escrever novas paginas na sua vida.



Nota:  Essa poesia trata-se de medos que as vezes temos
de encarar um um novo amor, o medo da dor de perder
aquele sentimento tão puro, essa dor que faz a vida
quase perder o sentido de viver.