sexta-feira, 14 de março de 2014

Meu medo de amar


Não olhe nos meus olhos,
tenho medo de me apaixonar,
não quero fazer meu coração sofrer,
e outra vez virar escravo da saudade.

Perdão se estou fugindo de você,
mas não posso sofrer de novo,
só eu conheço os limites do meu amor,
e toda vez quem mais sofre sou eu.

Desculpe se meu medo é maior,
e minha coragem a cada dia se tonar menor,
não posso reagir vendo minhas cicatrizes.
não quero molhar meu rosto novamente.