quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Juventude


Somos tão jovens nesse mundo velho,
nossa vida é tão curta para uma rotina tão longa,
quando vamos deixar de viver aos olhos dos outros,
que dia vamos sair de dentro do vidro chamado espelho.

Somos tão irracionais,
quanto os demais animais,
não vemos o essencial,
nesse mundo capitalista material.

Quando vamos esquecer as futilidades,
entender que ainda somos humanos,
que temos coração, que temos amor!


Que dia vamos esquecer as diferenças,
aprender a respeitar as diversas crenças,
que dia vamos entender a eterna juventude da vida?