quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Cadê você


Cada vez que chega a noite eu penso mais em você,
é impossível não lembrar da sua companhia,
é difícil demais não ter seus beijos,
sofro só de pensar que você está tentando me esquecer.

Cadê aquele sorriso singelo?
Aquele abraço procurando abrigo?
Cadê aquela boca me pedindo um beijo?
Aquela voz chamando meu nome, cadê?

Não acostumei viver ainda sem o teu cheiro,
o dia sem o teu toque não tem graça,
essa saudade parece insistir em não passar.

Em cada passo meu,
em cada batida do meu coração,
eu penso em você!

Não, eu não sou mais eu,
sou apenas um pedaço sem direção,
que sem você não sabe existir, não sabe viver!